26 de fev de 2014

Simulador Caixa | Empréstimos, Financiamentos, Construcard, Habitação

A Caixa Econômica oferece diversas opções de simulador para empréstimos e financiamentos.

Empréstimos pessoais, financiamento da casa própria (para compra, construção e reforma, inclusive com o uso do FGTS) ou do automóvel. A Caixa Econômica Federal disponibiliza o Simulador Caixa em seu site para clientes e não clientes.

Os valores obtidos ficam muito próximos das mensalidades, mas podem ser alterados, já que os juros cobrados dependem da taxa SELIC, alterada (para mais ou menos) a cada mês, de acordo com a reunião do Conselho de Política Monetária do Banco Central do Brasil. Assim, os dados obtidos com o Simulador Caixa são apenas uma simulação e não têm força de proposta. As parcelas reais serão definidas na assinatura do contrato de empréstimo, em uma das agências da instituição bancária.

Como Usar o Simulador da Caixa?

O Simulador Caixa pode ser utilizado por pessoas físicas e jurídicas, para consórcios e financiamentos de imóveis, carros, empréstimos pessoais e consignados (com desconto em folha de pagamento), financiamento estudantil (FIES – depende de convênio entre a instituição de ensino superior e o Ministério da Educação), subsídios do governo para contratos do programa “Minha Casa, Minha Vida” e do cartão de crédito “Minha Casa Melhor” (a disponibilidade para estas modalidades de crédito varia de cidade para cidade).

Ainda é possível consultar os juros praticados pelo cheque especial e pelo parcelamento nos cartões de crédito administrados pelo Caixa; na maioria dos casos, as taxas de um empréstimo pessoal são menores do que as cobradas no crédito rotativo (em torno de 6% ao mês).

Financiamento de Móveis e Materiais de Construção

Para comprar móveis (com o Moveiscard) ou material de construção (com o Construcard), também é possível utilizar o Simulador Caixa. Diversas lojas de varejo praticam descontos especiais para os portadores destes cartões de crédito. Além disto, as compras são parceladas em até 48 meses.

O funcionamento é bastante simples: basta clicar nas abas “Habitação” e “Simulador” na página inicial do site. O programa “Minha Casa, Minha Vida”, por exemplo, é um dos mais acessados (milhões de interessados calculam financiamentos todos os meses). É preciso informar o valor estimado do imóvel e a renda mensal. Famílias com rendimento de até R$ 2.500 têm direito ao subsídio do governo, de até R$ 25 mil, mas a Caixa também financia imóveis para a classe média, com valor de até R$ 500 mil.